Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2016

Bela, recatada e 'do lar'?

Essa semana a internet bombou com vários memes a respeito de uma reportagem da revista Veja, (confira aqui) exaltando as características de Marcela Temer, mulher do vice (e quase presidente) Michel Temer. A revista descreveu Marcela como "mulher de sorte" que "gosta de vestidos na altura dos joelhos", que "sonha em ter mais um filho" e "está sempre lá" para ajudar o marido. A revista Veja é conhecida por fazer oposição, não só ao PT mas ao partido que detenha o poder. Fato notório visto que a revista é criticada costumeiramente por Lula, Dilma e também foi duramente criticada por FHC em seu livro Diários da Presidência (Vol. 1).       Dito isso, dá pra perceber claramente a intenção da reportagem em fazer um contraponto entre a imagem de Marcela Temer e a imagem de Dilma Rousseff; mulher solteira, com fama de controladora e rígida, claramente o oposto da perfeita, recatada e "do lar" exaltada pela revista. E aí com isso, surgem a…

"Quote" - Le Petit Prince

"Foi o principezinho rever as rosas: 

-Vós não sois absolutamente iguais à minha rosa, vós não sois nada ainda. Ninguém ainda vos cativou, nem cativastes a ninguém. Sois como era a minha raposa. Era uma raposa igual a cem mil outras. Mas eu fiz dela um amigo. Ela agora é única no mundo. 

E as rosas estavam desapontadas. 

-Sois belas, mas vazias, disse ele ainda. Não se pode morrer por vós. Minha rosa, porém, mais importante que vós todas, pois foi a ela que eu reguei. Foi a ela que pus sob a redoma. Foi a ela que abriguei com o pára-vento. Foi dela que eu matei as larvas (exceto duas ou três por causa das borboletas). Foi a ela que eu escutei queixar-se ou gabar-se, ou mesmo calar-se algumas vezes. É a minha rosa. 
E voltou, então, a raposa: 
-Adeus, disse ele... 
-Adeus, disse a raposa. Eis o meu segredo. É muito simples: só se vê bem com o coração. O essencial é invisível para os olhos. 
-O essencial é invisível para os olhos, repetiu o principezinho, a fim de se lembrar. 
-Foi o tempo…

Mural de Imagens - Kuczynski

Questionar a sociedade e as atitudes cotidianas do homem "moderno" através de suas imagens é uma característica marcante do artista plástico Pawel Kuczynski. Abaixo algumas imagens do artista que refletem sua característica crítica perante a sociedade.



Revolução?




Eleições: A disputa de quem melhor maneja o rebanho




Falatório político superficial e inútil




Crítica de Classes




O homem e o tempo





O vício




Ditadores







Soldados: Pessoas ou números?






Redes (anti) sociais





A ilusão da Paz







Dualidade: Pra uns carinho, pra outros a panela







Infâncias roubadas






O Motivo da Guerra







O politicamente correto







Educação goela abaixo







Chuva de Arroz

Muros caem, mas e depois?

Está chegando um momento importantíssimo na história do Brasil. Neste 17 de abril ocorrerá a votação do processo de Impeachment da presidente Dilma Rousseff. Para separar os grupos a favor e contra o impedimento e evitar confrontos, foi erguido o "Muro de Brasília", mostrando que na nossa democracia, pessoas com pensamentos diferentes não podem dialogar sem violência ou intolerância. Independentemente do resultado do processo na Câmara dos Deputados, a retirada do muro não será um momento de fortalecimento e união do país, como ocorreu na Alemanha.  O resultado será, na verdade, a exposição da divisão dos Brasileiros que terão no horizonte um cenário de crise, desemprego e inflação. É bem verdade que esse cenário apocalíptico é decorrente da incapacidade do atual governo em trazer soluções para resolver os graves erros do primeiro mandato de Dilma e que esta foi reeleita com base num vergonhoso estelionato eleitoral em 2014. É momento de erguer pontes e arranjar soluç…

Music and Poems - My Way

"And now the end is near And so I face the final curtain My friend, I'll make it clear I'll state my case of which I'm certain I've lived a life that's full I traveled each and every highway And more, much more than this I did it my way!"
      Viver uma vida plena, realizando os sonhos pessoais e aproveitando cada momento que aparece pela frente, seja ele bom ou ruim. E o mais importante, fazer tudo isso do seu jeito. É isso o que o grande Sinatra apresenta em sua música My Way. É essencial ter consciência de que temos pleno controle da nossa vida e do nosso futuro, desde o momento em que nascemos até o dia da nossa morte. Compreender isso é um grande passo para se tomar as rédeas do próprio destino e escrever com coragem cada linha da história das nossas vidas. Não é o mundo que nos muda, não são os problemas que vêm até a gente. Quantas vezes na vida nós acreditamos estar com problemas insolúveis e desesperadores? Mas todos se resolveram de uma forma ou de ou…